top of page
Buscar
  • Foto do escritorAndré Sampaio

É o último, prometo! | Oris Diver 65

Atualizado: 22 de jul. de 2019

Bem vindos à nossa nova rubrica onde vos trazemos alguns relatos na primeira pessoa acerca das suas últimas compras e o que os levou a essa mesma escolha.


O titulo da rubrica reflecte uma frase que temos a certeza qualquer apaixonado por relojoaria repete imensas vezes!


Comprar um relógio nem sempre é uma escolha simples, daí achamos que a partilha de experiências por parte de outros aficionados é de extrema utilidade.

Talvez desta forma tenham uma pequena ajuda para fazer a próxima compra com uma consciência mais tranquila.


O nosso primeiro artigo é um relato do Diogo Sousa, um jovem apaixonado por fotografia e relógios que está a dar os primeiros passos neste mundo e portanto todas as escolhas têm que ser muito bem ponderadas até porque tinha um budget para cumprir.


Horoduo - Como tomaste conhecimento do relógio em questão em primeiro lugar? Internet, algum amigo, numa loja? Já tinhas experimentado algum antes de comprar?


Diogo Sousa - Primeiro de tudo, quando me comecei a interessar mais pela relojoaria, alarguei o meu leque de marcas conhecidas, e a Oris entrou nesse mesmo leque.

Ainda me lembro das primeiras vezes que ouvi falar na Oris, quando estive com um amigo do meu pai que também se interessa por este meio e me disse que como primeiro relógio de "luxo", a Oris seria uma excelente escolha.

Este modelo em particular, o Oris Diver 65, não me lembro da primeira vez que tomei conhecimento da sua existência, mas quando o vi das primeiras vezes soube logo que o viria a adquirir mais tarde ou mais cedo. Apenas não sabia que ia ser tão cedo, felizmente para mim!

O Instagram é a rede social onde mais consumo multimédia em termos de relógios, e em seguida Youtube, mas penso que este modelo o vi ainda algumas vezes em algumas contas no Instagram. Por várias vezes também, no grupo do WhatsApp da DSS já tinha visto esta peça um par de vezes. Antes de o comprar, senti que deveria ir até a uma relojoaria experimentar o relógio e fazer o teste final. Fui ao Marcolino e experimentei o relógio, que passado duas semanas, estaria sentado no meu pulso com imenso orgulho.


Oris Sixty Five 42mm no pulso do Diogo

Horoduo - O que te levou a considerar a compra dele? Preço, estética, coleccionismo, outro motivo?


Diogo Sousa - Este relógio teve sempre para mim um grande apelo, o design sendo uma reedição, fascinou-me sempre. O preço também foi um aspecto importante a considerar visto que seria eu a pagá-lo por isso tive que optar por uma peça que não fosse ultrapassar o meu orçamento e com a compra deste relógio consegui fazê-lo ainda conseguindo ficar com algum dinheiro de lado. As características do próprio relógio também me apelaram muito, o movimento Oris 733 a funcionar a 28 800 alternâncias, o vidro domed de Safira, o bezel rotativo, a pulseira riveted fizeram com que este relógio se enquadrasse perfeitamente no que estava a procura para comprar.


Horoduo - Que outros relógios estavas a equacionar comprar no lugar de este? Tinhas outras possíveis escolhas? O que te fez decidir?


Diogo Sousa - À parte do Oris, houve outras alternativas que estiveram na mesa como possíveis opções. Incluía-se nesta lista, um Omega Speedmaster Reduced e um Breitling Colt Automatic entre alguns outros, sendo estes as alternativas mais prováveis de escolha a seguir ao Oris. O Omega era um pouco mais caro que o Oris e o Breitling mais barato, mas encontrei neste Oris um relógio lindíssimo com os atributos que estava a procura e acima de tudo o anuncio mostrava que o relógio estava praticamente novo e vinha com tudo, caixa e documentos.


Horoduo - O método de compra foi simples? Online? Site próprio? Ebay? Fórum? Amigo? Loja?

Relata como foi o a experiência de compra/envio até à recepção ou a experiência no revendedor.


Diogo Sousa - O método de compra foi extremamente simples, pela Chrono24 com um comprador certificado por eles. Consegui arranjar um vendedor que pedia um preço bastante atractivo para a condição geral do relógio, que era quase imaculada. A experiência foi excelente, comunicação com o vendedor perfeita, vendo que ele se interessava e me mantinha a par de potenciais novidades no processo de envio. O único solavanco foi quando o relógio ficou preso na Alfândega. O vendedor aconselhou-me a falar com a Chrono24 para ver se eles conseguiriam devolver-me o valor pago.


Horoduo - As primeiras impressões. Corresponderam às expectativas? Caixa, relógio, bracelete, acessórios? Achas que estava de acordo com o expectado?


Diogo Sousa - A minha primeira impressão foi estou apaixonado por este relógio, em suma enche-me as medidas. Simples, casual, elegante e extremamente bonito. Vinha tudo conforme no anúncio, relógio ainda com plástico no fundo da caixa e no fecho. Caixa original com documentos e garantia original. Relógio veio praticamente novo, com muito pouco uso. Posso dizer sem dúvida, em termos de valor pelo que obtive, que foi a melhor compra que fiz até hoje.


Oris Sixty Five 42mm com bracelete em aço "riveted"

Horoduo - Depois de algum tempo de uso, continuas a achar que foi uma boa compra? Experiências boas ou más a relatar nas primeiras semanas. Habituação, bracelete, tamanho, legibilidade, algum reparo a fazer?


Diogo Sousa - Ainda não posso verdadeiramente responder a esta pergunta, pois só o usei um par de vezes desde que o recebi. Mas daquilo que usei posso recomendar vivamente pois é um relógio que assenta muito bem no pulso. Tive apenas que ajustar um pouco a bracelete e o fecho para conseguir que me ficasse o mais confortável possível. Em termos de tamanho, 42mm, já estava habituado ao meu Seiko SKX007 por isso não houve problema de habituação nesse campo. A única coisa que ainda me estou a habituar é ao vidro domed, mas não é algo que me faça arrepender da compra, na verdade, até estou a gostar da profundidade que cria.


Horoduo - Pequeno relato da experiência global desde a decisão da compra até agora. Algum conselho a quem pondere a mesma compra? Equacionavas a compra de outro diferente agora?


Diogo Sousa - Em suma, este relógio, na minha opinião preencheu-me, acho um relógio intemporal com uma elegância peculiar, e sem dúvida que o voltava a comprar. Foram umas semanas tensas, à espera do relógio, sem saber se ia corresponder às expectativas ou sequer se não seria falso e teria de reclamar. Felizmente o comprador respondeu-me a tudo com transparência e segui o processo todo. O único conselho que posso dar é ter paciência, ficar ansioso pelo relógio não vai fazer com que chegue mais depressa, infelizmente claro. Não alteraria a minha opção de compra, agora que o tenho.


Horoduo - Grau de satisfação com a compra de 1-10.


Diogo Sousa - Grau de satisfação: 8 e não é 9 apenas por ter pago à Alfândega para poder receber o relógio, porque de resto a experiência de compra foi flawless.


Obrigado pela oportunidade de responder a este questionário André e Nuno.

Um abraco,

Diogo Sousa



Para o Diogo foi amor à primeira vista e a escolha acertada

Nós é que agradecemos a participação do Diogo nesta nossa nova rubrica.

Foi um relato muito interessante desde o processo de selecção e escolha, até o experimentar do relógio pela primeira vez e até a opção de compra através da Chrono24. Como puderam ver normalmente o método de compra é seguro e podem-se arranjar alguns bons negócios, no entanto não se esqueçam que se o relógio vier de fora da EU têm que pagar direitos alfandegários o que pode tornar o negocio não tão vantajoso.

Esperamos que tenham gostado, saudações relojoeiras e até breve!


André & Nuno

141 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page