top of page
  • Foto do escritorAndré Sampaio

Um almoço com o CEO da Chronoswiss em Lisboa: Oliver Ebstein

Diogo Costa, Oliver Ebstein, Carlos Torres

É com muito gosto que anunciamos que a Horoduo esteve presente, pela primeira vez, num evento press!

Mas não foi um evento qualquer!


Recebemos o convite por parte do João Saraiva, o qual nos salientou a presença do atual CEO da Chronoswiss, Oliver Ebstein, e simplesmente não pudemos recusar!

Já no evento, no qual o Diogo esteve presente, a Horoduo teve a honra de se sentar ao lado deste mesmo CEO!



Eu, Diogo, aproveitei de imediato para discutir alguns temas relacionados com o atual estado das marcas relativamente a conceitos como o e-commerce e content marketing.

Parecia-me adequado ao momento fazer este tipo de perguntas, ainda não sabia eu que daí em diante iria falar com o Oliver Ebstein num tom informal e de amigo.


O Oliver Ebstein (CEO) é uma pessoa calma, sem preconceitos, humilde e que procura saber mais sobre os que o rodeiam.


O Diogo a experimentar os novos Regulator Edição Limitada

Além de que foram discutidos diversos temas fora do plano da relojoaria, o que me levou a pensar que muitas vezes é importante sair da norma, embora que todos adorem falar sobre relojoaria às vezes sabe bem falarmos sobre tópicos algo mais “triviais”.


Miguel Seabra, Fernando Caetano, Carlos Torres e Diogo Costa

Depois de já comermos as entradas (coisa que eu, Diogo, demoro eternidades a acabar devido a estar sempre a falar de relógios) decidi perguntar ao Oliver como é que a marca se está a adaptar às gerações mais novas, com um sorriso na cara como daquelas vezes que estamos extremamente entusiasmados para contar algo a alguém, Oliver disse-me:


“Estamos a trabalhar com cryptocurrencies! Aliás fizemos até uma coleção inspirada nas mais importantes variantes destas moedas digitais!

Algo em que os jovens parecem estar cada vez mais recíprocos a investir, e isso mostrou-nos o caminho relativamente a como os abordar e cativar”


Com um sorriso na cara, limitei-me a dizer “Concordo! Excelente ideia”, mas ocorreu-me algo de imediato que tive de perguntar, “E até que ponto é que isso resulta? Essa estratégia perante um público mais novo? Tem tido efeito? Aceitação?



Oliver responde-me de imediato e tive logo a impressão que me iria contar uma história que me ia deixar boquiaberto, vivendo eu num pais que muitas vezes consegue ser o últimos a receber as tendências.


Está a correr tão bem que no outro dia chegou-nos um cliente à nossa boutique que quis comprar um destes modelos com Bitcoins!! Foi um gosto presenciar tal momento



Fiquei estupefacto, não por ser novidade, mas por alguém realmente estar a usar este método de compra na relojoaria. Uma marca como a Chronoswiss chegou-se à frente e inovou. Não sei quanto a vocês mas isto diz muito acerca de como as coisas estão a mudar e a velocidade de mudança que cada vez aparenta ser maior!


No pulso: Chronoswiss Regulator em ouro rose e mostrador azul guilloché

Gostámos imenso de ter a oportunidade que foi poder falar com o Oliver Ebstein e estamos certos que ganhámos um amigo que apoia a Horoduo! Sim! Porque apesar de os nossos videos serem em Português o Oliver ficou surpreendido por Portugal ter este tipo de conteúdo.


Digo isto não numa forma de nos vangloriar, mas sim na importância que todos vós têm para nós! A Horoduo somos nós e vocês, somos feitos de pessoas para pessoas, e é assim que nós nos sempre iremos manter!


Chronoswiss Regulator em ouro rosa e mostrador azul guilloché

Espero que tenham gostado desta curiosa história e discussão!

Próxima segunda-feira sai já o nosso terceiro episódio da rubrica “Exame”!

E garantimos que está muito bom!!


Melhores cumprimentos a todos,

Diogo

75 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page